HISTÓRIA DO VOLUNTARIADO

O trabalho voluntário no Brasil tem sua data comemorativa no dia 28 de agosto, definida como o Dia Nacional do Voluntário – diante a Lei nº 7.352, de 1985. Apesar disso, a participação da população em ações de voluntariado ainda é pequena se comparada com outros países. Uma pesquisa do Instituto Datafolha, realizada em dezembro de 2014, mostrou que somente 28% das pessoas já participaram de algum tipo de trabalho voluntário e que 11% continuam atuando neste tipo de iniciativa, levando em conta que a média mundial seria de 37%.

A Santa Casa de Misericórdia, em Santos, foi o marco inicial para o primeiro trabalho voluntário no Brasil em 1543, naquela época o trabalho voluntário começou a surgir dentro da religião, sendo conduzido por freiras e padres, onde os principais objetivos eram acolher as necessidades dos fiéis e prestar serviços à comunidade. Em 1980, o trabalho voluntário ganhou popularidade no Brasil, entidades começaram a organizar trabalhos em comunidades, ajudando e dando auxílios para pessoas que precisam.

Outro marco importante na história do voluntariado foi no ano de 1996, quando a fundação ABRINQ criou o Programa Prefeito Amigo da Criança (PPAC), com o objetivo de mobilizar e apoiar as gestões municipais na implementação de políticas públicas de proteção integral para crianças e adolescentes, por meio de diversas ações.

Atualmente, todas as capitais brasileiras possuem organizações de trabalhos voluntários, entre eles, alguns merecem destaque, como por exemplo: A Organização Doutores da Alegria, que leva humor e arte aos leitos hospitalares, muitas vezes fantasiados de palhaços. Encontram-se também trabalhos em asilos, comunidades carentes, instituições, trabalhos voluntários emergenciais, como em casos de catástrofes, entre outros.

Fontes:

Anúncios